Assistência

A Rede Calábria atua em todos os níveis das políticas de proteção da assistência social: básica, média e de alta complexidade, desenvolvendo suas ações socioassistenciais alicerçada na mística calabriana, que nos convida a refletir sobre a paternidade universal de Deus, expressa na frase “…Deus é Pai e somos todos irmãos”.

“O mundo tem sede de caridade, de paz, de verdade, de fé e de amor. Espera de nós a palavra, a orientação, o exemplo”

São João Calábria

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

Proteção Social Básica

Este projeto é uma parceria com a Fundação de Assistência Social e Cidadania de POA (FASC). As propostas possibilitam o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos e formação cidadã dos atendidos. Além de vivências para o alcance de autonomia e protagonismo social.

”O ano de 2021 foi uma primavera após o longo inverno de 2020. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos proporcionou para as crianças um espaço de retomada de convívio social com seus pares e com as referências dos educadores.”

Juliana Coelho - Coordenadora de Projetos / Unidade CPIJ

Dashboard de indicadores

1.557

total de beneficiários

1.061

SCFV

6 a 14 anos

496

SCFV

15 a 17 anos

862

meninos

695

meninas

08

unidades

91

colaboradores

33%

moram com mais de 8 pessoas na mesma residência

62%

possuem renda familiar abaixo de 1 salário mínimo

55%

dos beneficiários tem idade entre 6 e 12 anos

Clique na unidade para saber mais...

Serviço de Atendimento às Famílias

Proteção Social Básica

O SAF também é uma parceria com a FASC. Realiza ações com famílias que precisam de cuidado, com foco no acesso a informações sobre questões relativas à primeira infância, à adolescência, à juventude, ao envelhecimento e às deficiências, a fim de promover espaços para troca de experiências, expressão de dificuldades e reconhecimento de possibilidades.

”A assistência social é uma política pública, que garante o direito de acesso a toda população que dela necessitar. Sendo assim, o SAF é considerado como uma das principais portas de acesso a serviços e benefícios sociais desta política.”

Vanessa Begnini - Assistente Social e
Técnica do SAF

Dashboard de indicadores

03

colaboradores

2.480

famílias atendidas

792

homens

1.984

mulheres

496

com idades entre 19 e 36 anos

1116

com idades entre 37 e 59 anos

868

com idades acima de 60 anos

95%

tem renda familiar inferior a 1 salário mínimo

77%

dos atendidos pelos programa são mulheres

30%

residem com mais de 6 pessoas na mesma residência

Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI)

Proteção Social Básica

Em parceria com a Fundação de Assistência social e Cidadania de Porto alegre, colaboramos com a execução dos serviços de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), atendendo às famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social, respectivamente, nos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializados da Assistência Social (CREAS).

”Sem o trabalho executado pelos profissionais, contratados pela Rede Calábria, não teria sido possível atender as comunidades em todo território municipal, o que dificultaria o acesso das famílias vulneráveis aos benefícios socioassistenciais e aos acompanhamentos técnicos.”

Regina Campos - Supervisora de Projetos

Dashboard de indicadores

155

colaboradores

42.503

beneficiários

10.701

homens

31.802

mulheres

28.598

com idades
entre 0 e 36
anos

11.510

com idades entre 37 e 59 anos

2.575

com idades acima de 60 anos

Serviço de Abordagem Social -
Ação Rua

Proteção Social Especial de Média Complexidade

Esta atividade é realizada em parceria com a FASC. O atendimento é voltado para a identificação do trabalho infantil e a adolescentes, adultos e idosos em situação de rua. O programa assegura uma abordagem efetiva para identificar este público-alvo e promover a sua inserção na rede socioassistencial e de políticas públicas.

”A importância do trabalho da equipe para o território perpassa pelo processo de garantir direitos a quem se encontra em situação de vulnerabilidade social. Em relação às crianças e adolescentes em trabalho infantil, nossas ações com os diferentes setores buscam proporcionar o direito a uma infância saudável em espaços protetivos. ”

Daniela Soares - Coordenadora do Serviço de Abordagem Social

Dashboard de indicadores

17

colaboradores

1.893

atendidos

765

acompanhados

58

km² de área abrangida

04

pontos de cuidado

06

superaram situação de rua

1.258

homens

1.817

mulheres

06

LGBTQIA+

254

com idade entre 0 e 18 anos

792

com idade entre 19 e 36 anos

547

com idade entre 37 até +60 anos

Programa PopRua

Proteção Social Especial de Média Complexidade

Fruto de parceria com a Secretaria do Trabalho e Assistência Social do RS (STAS), o programa atende a população em situação de rua com foco em ofertar um espaço seguro para a alimentação, higiene pessoal, acolhimento técnico e pernoite. Além da distribuição de roupas, kits de higiene e materiais de proteção ao COVID-19.

”O grande impacto deste projeto mede-se pela qualidade da sua oferta, pelo número expressivo de pessoas que foram cobertas pelas políticas públicas, em especial, a Saúde e a Assistência Social. Além da sua capacidade de articulação, o projeto contribuiu para algo vital:  A segurança alimentar no país, um direito básico de todo ser humano.”

Larissa Jorge - Coordenadora do PopRua

Dashboard de indicadores

17

colaboradores

3.316

atendidos

2.778

homens

538

mulheres

6.500

média de refeições
servidas mês

1.154

ofertas de cobertores
aos atendidos

1.621

atendidos contemplados com pernoites

1.419

com idade entre 18 e 36 anos

1.641

com idade entre 37 e 59 anos

256

com idade acima de 60 anos

Centro Dia do Idoso

Proteção Social Especial de Média Complexidade

Em gestão compartilhada com a Fundação de Assistência Social e Cidadania de Porto Alegre (FASC), O Centro Dia do Idoso desempenha uma função educativa importante, na medida em que possibilita ações de apoio, informação e encaminhamento, contribuindo na garantia da inclusão da pessoa idosa na rede de serviços públicos e no convívio familiar e comunitário.

”O projeto do Centro Dia do Idoso Zona Sul, oportuniza aos idosos acompanhados por meio de atividades, o estimulo de habilidades cognitivas, intelectuais, físicas e motoras. Promove acesso dos usuários e familiares a Serviços de Garantia de Direitos, assim como, orientação e informações quanto à rede socioassistencial do território Sul/Centro Sul.”

Márcia Casagrande - Assistente de Coordenação do CDI

Dashboard de indicadores

07

colaboradores

24

idosos atendidos

08

homens

16

mulheres

17

com idades entre 50 e 70 anos

09

com idades entre 71 e 90 anos

01

com idade entre 91 e 105 anos

974

articulações com a rede de serviço

306

visitas e acompanhamentos técnicos
especializados

161

refeições servidas aos atendidos

Casas Lares de Crianças

Proteção Social Especial de Alta Complexidade

Este serviço é mais uma parceria com FASC e destina-se a crianças e adolescentes sob medida de proteção, aplicada pelo Poder Judiciário, em situação de risco ou com vínculos familiares rompidos. Os beneficiários são acolhidos, cuidados e acompanhados por pais sociais e equipe técnica multidisciplinar até que seja viabilizado o retorno à família de origem ou o encaminhamento para família substituta.

”O acolhimento das Casas Lares está completando 10 anos, neste ano que culminam com os 60 anos da Rede Calábria, nos sentimos fortalecidos com 
a missão que nos deixou São João Calábria, foi possível acolhermos mais de 130 crianças/ adolescentes; promover suas autonomias,
garantir seus direitos e em especial possibilitar transformações. ”

Daniela Modesto - Coordenadora das Casas Lares

Dashboard de indicadores

21

colaboradores

65

crianças acolhidas

31

meninos

34

meninas

12

com idades entre 0 e 11 meses

27

com idades entre 06 e 12 anos

26

com idade
entre 13 e 18 anos

2.678

atendimentos técnicos especializados

400

atendimentos familiares realizados

12

vínculos familiares reestabelecidos

08

adoções concedidas

Casa Lar dos Idosos

Proteção Social Especial de Alta Complexidade

Em gestão compartilhada com a Fundação de Assistência Social e Cidadania de Porto Alegre (FASC), a Casa-lar é uma residência destinada a idosos em situação de rua, vulnerabilidade socioeconômica ou afastados do convívio familiar. É uma modalidade de acolhida que visa o cuidado e a garantia de direitos desse idoso, promovendo cidadania e um envelhecer com projeto de vida e felicidade.

”É um acolhimento que rompe com as práticas tutelares e assistencialistas. Visa o fortalecimento da participação, protagonismo, organização e autonomia dos idosos. Proporcionando um envelhecimento digno, participativo e com qualidade de vida. ”

Liliana R. Thedy - Coordenadora da Casa Lar
dos Idosos

Dashboard de indicadores

31

colaboradores

34

idosos acolhidos

20

homens

14

mulheres

24

com idades entre 61 e 70 anos

06

com idades entre 71 e 80 anos

05

com idade
entre 81 e 90 anos

República para Idosos

Proteção Social Especial de Alta Complexidade

Atividade pioneira no Estado gaúcho. É uma parceria com a FASC e presta apoio, proteção e moradia subsidiada para até 20 idosos em situação de abandono, vulnerabilidade e risco pessoal ou social.

”A República de Idosos é inovadora, o projeto tem como o objeto de trabalho priorizar a autonomia e a independência dos idosos(a) trazendo um ressignificado em suas vidas.  Mesmo estando em idade avançada os idosos(a) precisam de espaços que os façam sentir vivos e principalmente ativos para que possam gerir e interceder nas resoluções de suas demandas.”

Raquel de Souza - Coordenadora da República
dos Idosos

Dashboard de indicadores

12

colaboradores

28

idosos acolhidos

25

homens

03

mulheres

05

com idades entre 50 e 60 anos

18

com idades entre 61 e 70 anos

05

com idade
entre 71 e 80 anos

170

atendimentos técnicos especializados

50

assembléias coletivas com os residentes

10

idosos superaram a vulnerabilidade social

14%

recebem benefício do bolsa-família

32%

recebem benefício de aposentadoria

54%

recebem benefício de prestação continuada

Programa de Proteção à Crianças
e Adolescentes Ameaçados de Morte

Proteção Social Especial de Alta Complexidade

O Programa tem por finalidade acolher e proteger crianças, adolescentes e seus familiares expostos a grave ameaça e encaminhá-los à rede de proteção, intervindo junto ao sistema de garantia de direitos com vistas a atuar na prevenção e redução da violência letal.

”O PPCAAM/RS é um programa lindo que ampara crianças, adolescentes, jovens e seus familiares num dos momentos mais tristes e críticos de suas vidas. A partir dele é colocado em prática a proposta de “acolher promovendo vidas” fazendo com que a ameaça se resuma a apenas um curto capítulo de suas trajetórias, viabilizando novas possibilidades e potência de vida. ”

Wanessa Buarque - Coordenadora do PPCAAM

Dashboard de indicadores

36

crianças e adoescentes protegidos

37

familiares protegidos

73

total de protegidos

27

meninos

09

meninas

08

crianças

0 a 12 anos

28

adolescentes

12 a 19 anos

11

colaboradores

79

acompanhamentos de casos com risco de morte

399

visitas domiciliares dos protegidos

02

atendidos em acolhimento institucional

14

atendidos com moradia independente

20

atendidos em inclusão familiar

Página Inicial

Educação